Monthly Archives fevereiro 2015

Ícone da natação Rogério Romero apresenta projeto para primeira piscina olímpica do Tocantins na UFT

Publicado em 23/02/15, aqui

Por Caroline Falcão

O esporte tocantinense pode comemorar mais esta conquista. Foi apresentado na tarde desta segunda-feira (23) pelo ícone da natação Rogério Romero o projeto da primeira piscina olímpica do estado, que será construída do Câmpus de Palmas da Universidade Federal do Tocantins (UFT). O único nadador brasileiro a participar de cinco olimpíadas e duas vezes campeão pan-americano, atualmente é consultor de negócios da Metodologia Gustavo Borges e da Myrtha Pools Brasil.

O projeto apresentado durante reunião na Reitoria é de uma piscina olímpica pré-fabricada em placas de aço inox, coberta por vinil e importada da Itália, que segundo Romero possui custo mais baixo e menor demanda de tempo para a instalação – cerca de seis meses – em comparação com outros modelos. “Os equipamentos e estrutura da piscina são todos formulados dentro dos padrões internacionais e utilizam uma tecnologia sustentável com reaproveitamento de 90% da água, além de economia em energia elétrica e produtos químicos”, explicou o atleta.

UFT2

O reitor da UFT, Márcio Silveira, enfatizou que a piscina vai ser um espaço de treinamento tanto para os estudantes quanto para os os atletas tocantinenses da  comunidade em geral de Palmas e região, e um incentivo a mais para prática desportiva. “A piscina será um atrativo para a realização de competições no circuito inter e intraestadual de natação, levando a criar novos atletas no estado”, ressaltou.

Os recursos para a construção da piscina são do Ministério dos Esportes e destinados às capitais brasileiras, o que justifica a escolha do Câmpus de Palmas. Quanto a valores, somente os equipamentos importados para a piscina terão um investimento de cerca de 1 milhão e 600 mil dólares. Já o valor da infraestrutura será orçado conforme processo de licitação das obras a ser realizado em breve.

UFT

 

A construção da piscina faz parte do Legado Social dos Jogos Olímpicos – Brasil 2016, que inclui também a uma pista de atletismo, cujo contrato para a construção foi assinado em dezembro de 2014, e uma quadra poliesportiva, cujo projeto deve ser lançado nos próximos meses.

Leia o texto completo

Primeira piscina olímpica do Tocantins será construída em Palmas

Publicado em 23/02/15, aqui

A primeira piscina olímpica do Tocantins será construída no Câmpus da Universidade Federal do Tocantins (UFT), em Palmas. Nesta segunda-feira (23), o reitor da universidade, Márcio Silveira e o diretor de obras civis da UFT, João Batista Teixeira se reuniram com o ex-nadador olímpico, Rogério Romero, consultor de uma empresa italiana que trabalha com estrutura de piscinas. Na oportunidade, Romero apresentou ao reitor um projeto de piscina olímpica para a universidade.

img_9588

Além da piscina, já está em construção uma pista de atletismo e conforme o reitor, o projeto faz parte de uma ação do Ministério do Esporte, que pretende implantar pistas de atletismo oficiais e piscinas olímpicas em todas as capitais brasileiras que ainda não têm essas instalações.

– É um ótimo projeto. Vamos correr para começar o quanto antes os trabalhos. Acredito que começamos ainda neste semestre. Temos a intenção de chegar em novembro ou dezembro com tudo concluído. Há 95% de chances da piscina ser construída em frente ao bloco da reitoria. A pista está sendo instalada na entrada da universidade – disse o reitor.

Silveira informou ainda que para esta estrutura olímpica foram disponibilizados R$ 13 milhões. R$ 4 milhões para piscina e R$ 9 milhões para a pista.

– É um dinheiro que vem do Ministério do Esporte para o esporte. É exclusivo para esta área. A estrutura será uma boa para os acadêmicos que cursam educação física em Miracema do Tocantins, pois estão próximos de Palmas e vão ser muito bem beneficiados com isto. É uma maneira também de incentivar o esporte olímpico dentro da universidade – afirmou.

 Conforme Romero, a estrutura é um legado importante e irá incentivar o estudante a participar de esportes olímpicos no estado.

img_9577

– É  uma piscina olímpica pré-fabricada em placas de aço inox, e é importada da Itália. É um ótimo projeto para o estado. O Tocantins poderá receber qualquer tipo de campeonato nacional – contou.

Carreira

O atleta é o único nadador brasileiro a participar de cinco Olimpíadas, foi campeão Pan-Americano em Havana (1991) e Santo Domingo (2003) e é recordista Mundial Master nos 200m costas em piscina olímpica (2m02s). Além disso, Romero tem 29 recordes sul-americanos e 41 recordes brasileiros estabelecidos em 27 anos de carreira esportiva. Foi 15 vezes campeão no Troféu Brasil de Nataçãa, hexacampeão sul-americano, finalista olímpico em Seul (1988), Barcelona (1992), Atlanta (1996) e Sydney (2000) e semi finalista em Atenas (2004) e tem participação em 10 Campeonatos Mundiais.

Leia o texto completo

Sonhos não têm limites?

A segunda resenha que tenho é sobre Carlos “Wizard” (mudou o sobrenome em uma jogada de marketing muito agressiva). Este empreendedor nato, soube passar por diversas dificuldades, muitas relatadas no livro Sonhos não têm limites. O caminho percorrido, de percalços, sacrifícios, foram superados por uma vontade incomum de ter sucesso nos negócios. Qual? Não importa, o empreendedor estava destinado a, junto com muito esforço, sua grande família e sua fé inabalável, chegar lá.

CarlosWizard_capa_v1_p.indd

Fé, muita fé.

 

Pois não é que atleta tem disso também? Contrariando todas as previsões, algum garoto do interior, entra em um clube sem a estrutura ideal; com uma equipe formada por nadadores amadores e atletas buscando algum espaço; seu técnico teve outros bons nadadores, inclusive alguns medalhistas estaduais, mas nada que o credenciasse a formar um atleta olímpico; tem que dividir seu tempo entre os estudos, treinos de madrugada, algum tempo no ônibus (ou a carona de algum amigo), abrir mão da diversão das noites com sua turma; nadar, enquanto todos estão pulando o Carnaval; bem, você já pegou o espírito.

O episódio que mais me impressionou no livro foram os 3 anos que Wizard se afastou dos negócios para atender a um chamado de sua igreja. Isto quase custou o trabalho de uma vida, mas, novamente, sua fé inabalável o fez acreditar que aquilo era o melhor para aquele momento. Os anos seguintes mostraram que ele (e seus filhos) estava certo, mas a história poderia facilmente ser outra e ele estaria reerguendo algum outro império.

IMG_20140420_124638

Solidão, muita solidão.

 

Gostamos de assistir ou ler sobre a infância de atletas desfavorável, mas e aqueles que têm à sua disposição as melhores condições desde o início? Aprenderam a nadar da maneira correta, com boa técnica, com poucos vícios para corrigir no futuro. Tiveram uma nutrição boa, um preparador físico que respeitou a maturação e na piscina uma equipe coesa, onde o técnico dava estímulos e conduzias os treinamentos de maneira acertada. Estes não têm mérito? Afinal, apesar de tudo isso, se ele não treinar, se dedicar, o resultado não vem…

Veja aqui 6 maneiras de levar sua natação ao limite.

Mas parece que é justamente por ser difícil que há a valorização. Cada conquista significa um avanço. Cada melhoria no ambiente significa um novo desafio, a inovação necessária no mundo corporativo, para continuar a progredir.

E os limites? Ou realmente não há limites? O minuto nos 100m livre foi quebrado pelo Tarzan, depois os 50s, 49s e já estamos em 46s com o brasileiro Cesar Cielo! Alguém aposta qual seria?

Bom Carnaval a todos!

Para aqueles que tem familiaridade com uma matemática mais avançada.

 

Leia o texto completo

Em visita a São Luís, ministro George Hilton também assumiu o compromisso de reformar o Parque Aquático

Publicado em 06/02/15, aqui

Ginásio para diversos tipos de modalidades, pista de atletismo e piscina olímpica. Esses são os três equipamentos esportivos que o governo federal pretende disponibilizar nas 27 capitais brasileiras para estruturar e massificar o esporte no país. Em São Luís, no Maranhão, dois desses espaços foram inaugurados na quinta-feira (05.02) e outro será reformado em breve.

O ministro do Esporte, George Hilton, participou da entrega da pista de atletismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), pela manhã, e dos novos equipamentos de basquete – piso flutuante, apontadores, tabelas e placares – do ginásio Georgiana Pflueger, o “Castelinho”, pela tarde. George Hilton também assumiu o compromisso de revitalizar o Parque Aquático do Complexo Esportivo Canhoteiro, que tem uma piscina olímpica (50 metros) e outra para saltos ornamentais, com plataformas de 3, 5 e 7 metros.

050215saoluis_natacao_7052pm

Parque Aquático

Os nadadores Gustavo Borges e Rogério Romero acompanharam a comitiva do Ministério e do governo estadual durante a visita ao Parque Aquático, localizado ao lado do ginásio “Castelinho”. Os ex-atletas apresentaram um projeto de piscina olímpica, que é pré-fabricada, com placas de aço inox, coberta por vinil e importada da Itália. Com custos mais baixos e menor demanda de tempo para a instalação – cerca de seis meses – esse tipo de equipamento deve ser usado nos Jogos Rio 2016 e será instalado em espaços como o Centro Paraolímpico e o clube Pinheiros, ambos em São Paulo.

O medalhista olímpico Gustavo Borges afirmou que a piscina é o primeiro passo para atrair a população para o local e difundir a prática do esporte. “Você tendo a piscina, a população, a base e o alto rendimento podem usá-la. O equipamento é o início do trabalho, porque se ele é adequado as pessoas são atraídas. Conheço várias cidades que têm fila de espera para a prática da natação. Temos que criar a cultura esportiva, mostrar para a população que existe um lugar, divulgar e ter bons profissionais para atender a todos”, analisou Borges.

Antes das visitas ao Parque Aquático e ao ginásio Georgiana Pflueger, o ministro do Esporte conheceu o gramado do estádio de futebol Castelão, acompanhado pelo governador do estado e pelos pentacampeões mundiais Cafu e Edmílson. Os ex-atletas e George Hilton arriscaram algumas cobranças de pênaltis em uma brincadeira com crianças de escolinhas que utilizam o campo do estádio. O local, com capacidade para 40 mil pessoas, integrou o catálogo da FIFA para Centros de Treinamento da Copa do Mundo.

Leia o texto completo

Ex-Nadador Rogério Romero visita Secretaria de Esportes e Lazer de Itaúna

 

 

rogerio-300x300

Publicado em 27/01/15, aqui

Encontro teve como objetivo avaliar a implantação de projetos de natação em Itaúna

Na manhã desta terça-feira, 27/01, o Ex-Nadador Rogério Romero esteve em Itaúna para uma reunião com o Secretário de Esportes e Lazer, Faiçal Chequer Filho, e com o Diretor de Esportes, Pedro Almeida. O encontro serviu para apresentar e avaliar a viabilidade de implantação de um projeto de natação no município, tendo em vista a estrutura esportiva de destaque no cenário estadual, uma vez que a cidade conta com cinco Praças de Esportes em atividade.

 

Leia o texto completo