Blog Archives

Time canadense para o Pan

Guadalajara 2011 (Swimming Canada)

A seleção canadense ficou em 3o. no Rio/2007, atrás dos EUA e Brasil. Agora, com apenas metade do número de atletas, o Brasil não deve ter dificuldades de superá-los novamente.

Time Feminino
(Nome, eventos, idade, clube, residência, cidade natal, técnico)
Zsofia BALAZS, 10 km, 21, TSC, Toronto, ON, Hungary, John Rodgers
Jennifer BECKBERGER, 50, 100 Livre, 25, WDSC, Whitby, ON, Whitby,ON, Trent McNichol
Bridget COLEY, 400, 800 Livre, 18, HAC, Hamilton, ON, Hamilton, ON, Carmen Escobar
Samantha COREA, 100 Borbo, 18, UBCD, Vancouver, BC, Vancouver, BC, Tyler Lewall
Karyn JEWELL, 400 MEDLEY, 17, CNPG, Orleans, ON, Orleans, ON, Michel Bérubé
Caroline LAPIERRE-LEMIRE, 50, 100 Livre, 21, MEGO, Trois-Rivières QC, Rouyn-Noranda QC, Martin Gingras
Sherry LIU, 400, 800 Livre, 17, HYACK, Burnaby, BC, Beijing, CHINA, Mark Bottrill
Brenna MACLEAN, 200 Borbo, 19, WVOSC, West Vancouver, BC, West Vancouver, BC, NA
Ashley MCGREGOR, 100, 200 Peito, 18, PCSC, Pointe-Claire QC, Pointe-Claire, QC, Ryan Mallette
Erin MILLER, 100, 200 Borbo, 25, UA, Edmonton, AB, Edmonton, AB, Bill Humby
Hanna PIERSE, 200 Peito, 400 MEDLEY, 23, UBCD, Vancouver, BC, Edmonton, AB, Jozsef Nagy
Paige SCHULTZ, 200 Livre, 200 MEDLEY, 20, TSC, Toronto, ON, Toronto, ON, John Rodgers
Kierra SMITH, 100 Peito, 17, LLSC, Kelowna, BC, Kelowna, BC, Emil Dimitrov
Gabrielle SOUCISSE, 100, 200 Back, 20, PPO, Lasalle, QC, N-D Ile Perrot, QC, Pierre Lamy

Time Masculino
(Nome, eventos, idade, clube, residência, cidade natal, técnico)
Jake ARMSTRONG, 100 Peito, 21, LAC, London, ON, London, ON, Paul Midgley
Warren BARNES, 100, 200 Peito, 26, TSC, Toronto, ON, Oakville, ON, John Rodgers
Ashton BAUMANN, 200 Peito, 18, GO, Ottawa, ON, Brisbane, Australia, Derrick Schoof
Rory BISKUPSKI, 100 Livre, 23, UBCD, Surrey, BC, Surrey, BC, Tom Johnson
Frank DESPOND, 400 Livre, 20, HAC, Toronto, ON, Toronto, ON, John Rodgers
Lyam DIAS, 200 MEDLEY, 18, PCSC, Pointe-Claire, QC, Orignal, ON, Ryan Mallette
Richard WEINBERGER , 10 km, 21, PCS, Victoria BC, Victoria, BC, Ron Jacks

Para seu técnico principal, Pierre Lafontaine: “O Pan Americano é outra grande oportunidade de competição para nossos nadadores. Nós tivemos um verão de sucesso, com times competindo no Mundial, no Mundial Júnior e nas Universíades.”

(Nome, eventos, idade, clube, residência, cidade natal, técnico)
Zsofia BALAZS, 10 km, 21, TSC, Toronto, ON, Hungary, John Rodgers
Jennifer BECKBERGER, 50, 100 Livre, 25, WDSC, Whitby, ON, Whitby,ON, Trent McNichol
Bridget COLEY, 400, 800 Livre, 18, HAC, Hamilton, ON, Hamilton, ON, Carmen Escobar
Samantha COREA, 100 Borbo, 18, UBCD, Vancouver, BC, Vancouver, BC, Tyler Lewall
Karyn JEWELL, 400 MEDLEY, 17, CNPG, Orleans, ON, Orleans, ON, Michel Bérubé
Caroline LAPIERRE-LEMIRE, 50, 100 Livre, 21, MEGO, Trois-Rivières QC, Rouyn-Noranda QC, Martin Gingras
Sherry LIU, 400, 800 Livre, 17, HYACK, Burnaby, BC, Beijing, CHINA, Mark Bottrill
Brenna MACLEAN, 200 Borbo, 19, WVOSC, West Vancouver, BC, West Vancouver, BC, NA
Ashley MCGREGOR, 100, 200 Peito, 18, PCSC, Pointe-Claire QC, Pointe-Claire, QC, Ryan Mallette
Erin MILLER, 100, 200 Borbo, 25, UA, Edmonton, AB, Edmonton, AB, Bill Humby
Hanna PIERSE, 200 Peito, 400 MEDLEY, 23, UBCD, Vancouver, BC, Edmonton, AB, Jozsef Nagy
Paige SCHULTZ, 200 Livre, 200 MEDLEY, 20, TSC, Toronto, ON, Toronto, ON, John Rodgers
Kierra SMITH, 100 Peito, 17, LLSC, Kelowna, BC, Kelowna, BC, Emil Dimitrov
Gabrielle SOUCISSE, 100, 200 Back, 20, PPO, Lasalle, QC, N-D Ile Perrot, QC, Pierre Lamy

Time Masculino
(Nome, eventos, idade, clube, residência, cidade natal, técnico)
Jake ARMSTRONG, 100 Peito, 21, LAC, London, ON, London, ON, Paul Midgley
Warren BARNES, 100, 200 Peito, 26, TSC, Toronto, ON, Oakville, ON, John Rodgers
Ashton BAUMANN, 200 Peito, 18, GO, Ottawa, ON, Brisbane, Australia, Derrick Schoof
Rory BISKUPSKI, 100 Livre, 23, UBCD, Surrey, BC, Surrey, BC, Tom Johnson
Frank DESPOND, 400 Livre, 20, HAC, Toronto, ON, Toronto, ON, John Rodgers
Lyam DIAS, 200 MEDLEY, 18, PCSC, Pointe-Claire, QC, Orignal, ON, Ryan Mallette
Richard WEINBERGER , 10 km, 21, PCS, Victoria BC, Victoria, BC, Ron Jacks


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Ossos do ofício

Os campeões mundiais Cesar Cielo, Ana Marcela e Felipe França estão fazendo o que se espera de um atleta profissional: comunicação e marketing.

Homenagem no longevo patrocinador Correios

Homenagem no longevo patrocinador Correios

Muito se reclama de apoio aos nossos atletas, mas quando ele vem é de se esperar que estes tenham a consciência da responsabilidade que isto traz. Sim, podemos falar que isso não é papel do atleta. Sim, podemos falar que eles deveriam estar treinando ao invés de participar hoje de um desfile patriótico. Sim, sim, sim, mas felizmente a nova geração de nadadores percebeu que não basta dar resultado dentro da piscina (ou das águas abertas), mas também nas entrevistas, na sessão de fotos e de autógrafos, enfim, do pacote que vem junto ao sucesso de suas grandes conquistas.

Tudo isso, balanceado, claro, faz com que a natação atraia cada vez mais atenção da mídia e se torne mais popular – todo mundo ganha!


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Equipe (B) americana para o Pan

Não, o Pan não é uma Olimpíada nem um Mundial. A maior prova disso é que os americanos a muito tempo deixaram de levar seus melhores atletas de natação na competição continental. Mas isso está longe de ser uma equipe fraca.

De um lado, os dois melhores de cada prova desfrutam momentaneamente (salvo exceções como Phelps e Lochte) do status de estar na melhor equipe do mundo; do outro, algumas dezenas de nadadores e nadadoras querendo tomar os seus lugares. Os primeiros da fila: estes que estão no Pan! Não é raro estar “apenas” em terceiro dos EUA no ano anterior para consagrar-se campeão olímpico no ano seguinte.

Respeito é bom, mas também os brasileiros merecem. Boas provas por vir, enfim.

Feminino

Rachel Bootsma Eden Prairie, Minn. Aquajets Swim Team 100 costas

Bonnie Brandon Centennial, Colo. Mission Aurora/Colorado Swimming 200 costas

Catherine Breed Pleasanton, Calif. Pleasanton Seahawks 200 livre

Elaine Breeden Lexington, Ky. Stanford Swimming 100 borboleta

Annie Chandler San Antonio, Texas Tucson Ford Aquatics 100 peito

Lyndsay DePaul Orange, Calif. Trojan Swim Club 200 borboleta

Claire Donahue Lenoir City, Tenn. Western Kentucky Swimming 100 borboleta

Erika Erndl Naples, Fla. T2 Aquatics 100 livre

Eva Fabian Keene, N.H. Greenwood Memorial Swim Club 10K

Lara Jackson El Paso, Texas Tucson Ford Aquatics 50 livre

Christine Jennings Longmont, Colo. Mission Viejo 10K

Amanda Kendall Fairfax, Va. LSU 100 livre

Madison Kennedy Avon, Conn. Unattached 50 livre

Michelle McKeehan Greenwood, Ind. Athens Bulldogs 200 peito

Whitney Myers Oxford, Ohio FAST 200 medley

Chelsea Nauta Tampa, Fla. Athens Bulldogs 200 livre

Elizabeth Pelton Ruxton, Md. North Baltimore Aquatic Club 100, 200 costas

Gillian Ryan Kutztown, Pa. Parkland Aquatics 400, 800 livre

Mt. Sinai, N.Y. Stanford Swimming 200, 400 medley

Haley Spencer O’Fallon, Mo. Minnesota Aquatics 200 peito

Ashley Steenvoorden East Brunswick, N.J. Minnesota Aquatics 400 livre

Ashley Twichell Fayetville, N.Y. Mission Viejo 800 livre

Kim Vandenberg Moraga, Calif. New York Athletic Club 200 borboleta

Allysa Vavra Coaldale, Pa. Indiana Club Paradise 400 medley

Ashley Wanland Long Groove, Ill. Wisconsin Aquatics 100 peito

Joanna Maranhão (foto: Satiro Sodré) vai enfrentar a americana Julia Smit, recordista mundial dos 200 e 400 medley na curta. Time B?

Segundo Pan para Julia Smit

Masculino

Matthew Bartlett Atlanta, Ga. Athens Bulldogs 200 borboleta

Chris Brady Wilmington, Del. North Baltimore Aquatic Club 100 borboleta

Clark Burckle Louisville, Ky. Tucson Ford Aquatics 200 peito

Will Copeland Lexington, Va. Cal Aquatics 50 livre

Conor Dwyer Winnetka, Ill. Gator Swim Club 200, 400 medley

Ryan Feeley Rye, N.Y. Club Wolverine 1500 livre

Arthur Frayler Ambler, Pa. Germantown Academy 1500 livre, 10K

Eugene Godsoe Greensboro, N.C. SwimMAC Carolina 100 costas, 100 borboleta

Tyler Harris Richmond, Va. Trojan Swim Club 200 medley

Charlie Houchin Raleigh, N.C. FAST 400 livre

Bryan Lundquist Marietta, Ga. Stingrays of Georgia 50 livre

Dan Madwed Stamford, Conn. Club Wolverine 200 borboleta

Sean Mahoney Rio Vista, Calif. Cal Aquatics 200 peito

Robert Margalis Flushing, N.Y. FAST 400 medley

Alex Meyer Ithaca, N.Y. Crimson Aquatics 10K

Ryan Murphy Ponte Vedra Beach, FL Bolles School Sharks 200 costas

Matt Patton Matthews, N.C. Club Wolverine 200, 400 livre

David Russell Wellesley, Mass. California Aquatics 100 costas

Scot Robison Charlotte, N.C. New South Swimming 100, 200 livre

Bobby Savulich Edison, N.J. Club Wolverine 100 livre

Kevin Swander Carmel, Ind. SwimMAC Carolina 100 peito

Marcus Titus Tucson, Ariz. Tucson Ford Aquatics 100 peito


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Equipe brasileira para o Pan

O time, composto de 40 atletas, foi anunciado durante o Troféu José Finkel. Vou fazer algumas análises sobre nossos representantes, mas uma já me salta os olhos: apenas dois representantes fora do eixo SP-RJ-MG e apenas um fora do Sudeste! Será que isso é saudável, apesar de parte destes representantes dos clubes do Sudeste virem de diferentes regiões do Brasil?

Seleção Brasileira de Natação – Jogos Pan-Americanos 2011
Feminino
1 ANA CLAUDIA ARAÚJO SANTOS – ECP/SP
2 CAROLINA MUSSI – ECP/SP
3 DAIENE DIAS – FFC/RJ
4 DAYNARA PAULA – MTC/MG
5 ETIENE MEDEIROS – NSESI/PE
6 FABIOLA MOLINA – MTC/MG
7 FERNANDA ALVARENGA – MTC/MG
8 FLAVIA CAZZIOLATO – ECP/SP
9 GABRIELLA ROCHA – CNRAC/ES
10 GABRIELLA SILVA – ECP/SP
11 GRACIELLE HERMAN – GNU/RS
12 JESSICA CAVALHEIRO – MTC/MG
13 JOANNA MARANHÃO – CRF/RJ
14 LARISSA CIESLAK – MTC/MG
15 MANUELA LYRIO – MTC/MG
16 MICHELLE LENHARDT – ECP/SP
17 MICHELLE SCHMIDT – SCCP/SP
18 SARAH CORREA – MTC/MG
19 TATIANA LEMOS – ECP/SP
20 TATIANE SAKEMI – ECP/SP
21 THAMMY VENTORIN – MTC/MG

Masculino
1 ANDRE SCHULTZ – CRF/RJ
2 BRUNO FRATUS – ECP/SP
3 CESAR CIELO Fo. – CRF/RJ
4 DIOGO YABE – MTC/MG
5 FELIPE FRANÇA SILVA – ECP/SP
6 FELIPE LIMA – MTC/MG
7 GABRIEL MANGABEIRA – ECP/SP
8 GIULIANO ROCCO – MTC/MG
9 GUILHERME GUIDO – ECP/SP
10 HENRIQUE RODRIGUES – CRF/RJ
11 KAIO ALMEIDA – FFC/RJ
12 LEONARDO DE DEUS – CRF/RJ
13 LUCAS KANIESKI – MTC/MG
14 LUIS ROGERIO ARAPIRACA – UNISANTA/SP
15 MARCOS MACEDO – SERC/SP
16 NICOLAS OLIVEIRA – MTC/MG
17 RODRIGO CASTRO – MTC/MG
18 TALES CERDEIRA – CRF/RJ
19 THIAGO PEREIRA – SCCP/SP

Satiro Sodré

Thiago Pereira, carioca que veio para BH, treinou nos States e agora representa o Corinthians mas foi para o PRO16 (foto: Satiro Sodré)


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Rapidinhas!

  • E Rodrigo Castro já estava de pé depois da cirurgia de apendicite! Isto que é recuperação rápida. Foi lá comemorar o título do Minas;
  • O novo bloco de partida, alvo de críticas de alguns atletas, é um genérico dos importados. Em preparação para as olimpíadas do Rio 2016, será que o país que consegue pegar petróleo no fundo do mar, não dá conta de fazer algo melhor?
  • Será que é necessário tantos dias assim de competição? Uma embrionária associação de atletas começa a se perguntar…
  • O casal Fabíola Molina e Diogo Yabe (este eu tenho certeza) procuram um novo local para treinar com vistas ao Pan. Flórida é sempre uma opção.
  • Quem viu o Minas dois meses atrás, em crise após mandar embora seu técnico principal, não imaginava que demoraria tanto para encontrar um substituto. Pois o final do ciclo olímpico já começou e achar um técnico estrangeiro (é a intenção) que dê conta de time grande com a cultura brasileira, não é tarefa fácil.

Fabíola e Diogo, em um descontráido churrasco


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Longa espera

Demorou, mas o Minas Tênis Clube acabou com a hegemonia do Pinheiros Esporte Clube no Troféu José Finkel.

Com um orçamento robusto, graças a uma parceria inédita plurianual com a Fiat, o clube mineiro pode fortalecer sua equipe e comemorar após oito conquistas do clube paulista.

Se a pontuação sugere uma vida fácil, a transação contínua dos nadadores diz o contrário. Atletas que estão hoje aqui, facilmente trocam de camisa e, tal qual no futebol, está difícil de dizer por quem estão competindo, e até aonde (existem muitos globalizados…).

Mas voltando ao título, pessoalmente não posso esconder que foi uma alegria ver este clube que me recebeu de braços abertos vencer novamente.

Segue uma foto e um vídeo deste minastenista disfarçado de blogueiro.

sim, estou contente


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

ooops

Pois é, nem comecei e já levei um puxão de orelhas por ter um grande erro no meu primeiro post.

Fabiana Beltrame não é treinada pelo seu marido, mas sim por José Oyarzabal.

Segue uma foto para acabar com as dúvidas.

Daqui a pouco falo um pouco do Finkel.

O da esquerda é o técnico, à direita Gibran Cunha


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Eu tenho a força

Pois é, o que mais me impressionou no José Finkel foi ver os atletas após as provas: um mais forte que o outro! Certamente o biotipo da natação mundial mudou nestes últimos anos, todos estão mais altos, mais fortes e mais rápidos.

Foi-se o tempo onde a técnica prevalecia. Hoje, além dela, força é fundamental. Os nadadores (e nadadoras) ganham provas com suas saídas e viradas, onde a explosão conta muito.

Da minha parte, ainda gosto de uma prova bem técnica e acredito que alguns atletas possam surpreender mesmo não sendo os mais fortes. Abaixo foto de alguns dos maiores nadadores de todos os tempos.

Sullivan, Lochte, Phelps e Hackett – todos foram ou são recordistas mundiais


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Troféu José Finkel

O Troféu nasceu como uma homenagem, mas já está em sua 40a. edição! Antes era fácil de saber: brasileiro de inverno, em piscina curta (25m – semi-olímpica). Agora, o Finkel já passou para final do ano, piscina olímpica, ou seja, até para acompanhar os recordes, ficou complicado.

Você sabe quem foi José Finkel?

Isso nasceu um pouco por conta do maior número de competições internacionais. Se até a década de 90 tínhamos apenas Olimpíada, Mundial e Pan a cada 4 anos. Hoje existem Mundiais todo ano, além de uma disputa de medalhas que incluem medalhas não olímpicas em piscina semi-olímpica. Como se não bastasse, Mundial Júnior, Mundial Militar, Mundial Máster, circuito de Copas do Mundo.

Com isso, a elite programa seu treinamento de modo a atingir sua melhor performance em determinadas competições. Certamente, em um ano com Pan e Mundial, o Finkel não é prioridade para os melhores atletas. Não é por acaso que não estamos vendo recordes caindo nem índices sendo conquistados.

Mas o que me impressionou, então? Aguarde o próximo post…


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo

Apendicite

É, vida de atleta não é fácil. Você treina, treina e quando vai para uma competição importante e… fica doente! Aconteceu com o mineiro Rodrigo Castro, que foi ao hospital e fez a cirurgia para apendicite. Já está com sua família se recuperando e torcendo para a quase inevitável vitória do Minas Tênis Clube, que depois de 13 anos vai conquistar os dois maiores campeonatos de natação do país.

Boa recuperação: Rodrigo e seus gêmeos


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo