Ian Thorpe tagged posts

Thorpe: será que ele é? É, e dai?

Um dos nadadores mais badalados na sua época, o australiano Ian Thorpe, assim como outros compatriotas, teve problemas de adaptação fora das piscinas. Depressão, remédios, bebidas culminaram com uma tentativa mal sucedida de retorno ao seu ambiente de conforto e ao episódio de ser encontrado vagando sem rumo nas ruas. Triste, para quem tem tantas glórias no esporte, ser lembrado agora mais por estes motivos.

thorpe_wideweb__430x277

Narigudo, eu?

Semana passada, ele finalmente assumiu sua homossexualidade em público. Após anos negando, inclusive em sua autobiografia, confirmou a suspeita da comunidade aquática e da imprensa mundial. Sugeriu que isto contribuiu para seus problemas pessoais após aposentar. Acredito que sim, mas a falta de reconhecimento a que estava acostumado pode ter afetado também.

Independente disso, seus resultados continuarão sendo lembrados. Apenas, como ele mesmo admitiu, sua reputação sai manchada. Afinal, com seu sucesso, veio a responsabilidade de servir de modelo – principalmente para os mais jovens. Além dos problemas já mencionados, mentir por tanto tempo certamente não é algo que deva ser repassado às novas gerações.

O medo de não ser compreendido quando ainda jovem, até faz algum sentido. Temer piadas, por exemplo, nem tanto. Não penso em preconceito quando ouço algo sobre alguém de nariz grande, careca ou de voz fina. São características pessoais.

Por fim, rumores dizem que Thorpe ganhou uma bolada por esta entrevista exclusiva no Canal que – coincidentemente, claro – vai comentar os Jogos da Comunidade Britânica que iniciam na próxima semana.

Leia o texto completo

A sexta olimpíada

Participar de uma Olimpíada é uma honra, um privilégio para poucos atletas e almejado por muitos. Conquistar uma medalha é muito – mas muito – mais difícil. Tanto é que que costumo dizer: trocaria 4 participações olímpica por uma medalha…

Derya: o mais experiente em Londres.

Bem, faltou isso na minha carreira, mas faço parte de um seleto grupo de nadadores com 5 edições dos Jogos Olímpicos (na época era apenas eu e uma inglesa).

Pois bem, o turco Derya Buyukuncu pode entrar na piscina londrina como o primeiro em seis Olimpíadas. Na verdade, ele já conseguiu o índice nos 200m costas (sim, nadei contra ele), mas ainda depende da definição da equipe, ou seja, nenhum nadador turco fazer tempo melhor que ele (improvável).

Mas ele não está sozinho nesta busca. Ainda mais incrível, a americana Dara Torres, 45 (Derya terá 36), também pode alcançar este feito. Primeira Olimpíada? 1984! A conta não fecha? Pois é, ela aposentou e não participou em 1996 e 2004.

Dara: Idade é apenas um número.

Torres, é acompanhada pelo técnico brasileiro Bruno Darzi, enquanto Derya treinou na Universidade de Michigan com Gustavo Borges. O mundo é ou não é pequeno?


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo