A sexta olimpíada

Participar de uma Olimpíada é uma honra, um privilégio para poucos atletas e almejado por muitos. Conquistar uma medalha é muito – mas muito – mais difícil. Tanto é que que costumo dizer: trocaria 4 participações olímpica por uma medalha…

Derya: o mais experiente em Londres.

Bem, faltou isso na minha carreira, mas faço parte de um seleto grupo de nadadores com 5 edições dos Jogos Olímpicos (na época era apenas eu e uma inglesa).

Pois bem, o turco Derya Buyukuncu pode entrar na piscina londrina como o primeiro em seis Olimpíadas. Na verdade, ele já conseguiu o índice nos 200m costas (sim, nadei contra ele), mas ainda depende da definição da equipe, ou seja, nenhum nadador turco fazer tempo melhor que ele (improvável).

Mas ele não está sozinho nesta busca. Ainda mais incrível, a americana Dara Torres, 45 (Derya terá 36), também pode alcançar este feito. Primeira Olimpíada? 1984! A conta não fecha? Pois é, ela aposentou e não participou em 1996 e 2004.

Dara: Idade é apenas um número.

Torres, é acompanhada pelo técnico brasileiro Bruno Darzi, enquanto Derya treinou na Universidade de Michigan com Gustavo Borges. O mundo é ou não é pequeno?


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>