Entrevista com Rogério Romero

Publicado em 08/2014, aqui

Rogério_Romero_Site_FMV

Ex-atleta e atual gestor público, Rogério receberá título de Cidadão Honorário de Belo Horizonte

Cinco participações em Jogos Olímpicos, dez em Campeonatos Mundiais, detentor de dois ouros nos Jogos Pan-Americanos (Havanna 1991 e Santo Domingo 2003) e de dez no Campeonato Sul-Americano. Esses são apenas alguns dos feitos esportivos de Rogério Aoki Romero, atual Secretário Adjunto da Secretaria de Turismo e Esportes de Minas Gerais, que receberá o título de Cidadão Honorário de Belo Horizonte da Câmara Municipal na quarta-feira, 20 de agosto, às 19:30, no Palácio Francisco Bicalho.

A justa homenagem reflete o reconhecimento da importante atuação de Rogério no esporte de Minas Gerais. Com ampla experiência como atleta, Romero, hoje gestor, planeja, acompanha e incentiva de perto o esporte em Minas Gerais e na capital mineira.

A Assessoria de Comunicação da Federação Mineira de Vôlei conversou com o ex-nadador olímpico para levar ao fãs do vôlei mineiro um pouco de sua visão e pensamentos.

FMV: Quais lições e aprendizado foram possíveis observar como sede da Copa do Mundo FIFA 2014?
ROGÉRIO ROMERO: Como não fiquei pessoalmente ligado ao evento dentro do Governo, posso opinar apenas como cidadão. Parece ter ficado uma sensação de dever cumprido, além de uma grande mobilização em prol da festividade em si. O aprendizado com o planejamento realizado certamente será utilizado a favor dos Jogos Olímpicos. Pena que a festa fora dos campos não se repetiu até a grande final.

FMV: Quais os principais desafios por você identificados em sua trajetória na gestão pública no esporte?
RR: Os desafios foram os mais diversos, mas acredito que são semelhantes na administração privada, como lidar com prazos, orçamento e equipes exíguos e a alta rotatividade do funcionalismo. O princípio foi difícil, pois tudo era novo, com muita responsabilidade. Felizmente pude encontrar uma equipe compromissada que me auxiliou a entender o funcionamento da máquina pública, que é próprio.

FMV: Como Minas Gerais está se preparando para colher os frutos dos Jogos Olímpicos Rio 2016?
RR: Primeiro, é bom lembrar que Minas Gerais irá receber jogos de futebol das Olimpíadas no Mineirão. Segundo, o estado tem muitos equipamentos esportivos preparados para recepcionar equipes estrangeiras para seu treinamento final antes de entrarem na Vila Olímpica. Terceiro, a cultura esportiva está sendo disseminada através do Programa Minas Olímpica, lançado em 2005, com os Jogos Escolares e atividades no contra turno escolar no Geração Esporte, por exemplo. Então, acredito sim que estamos no caminho certo, mas ainda há espaço para aperfeiçoamento e outros avanços.

FMV: Como gestor público, o que você vislumbra para o cenário esportivo de Minas Gerais nos próximos anos, tendo como ápice de exposição os jogos de 2016?
RR: Sendo muito sucinto, gostaria de mais competições em todas as regiões. Claro que para isso, é necessário aproveitar as estruturas já existentes, ter técnicos motivados, eventos empolgantes e rápidos, caso contrário estaremos perdendo terreno para outras atividades concorrentes. Tendo uma rede de apoiadores, dá uma garantia mais forte da sustentabilidade.

FMV: Como atleta, você esteve em cinco Jogos Olímpicos. Com essa experiência, como você avalia a importância que os Jogos Rio 2016 terão em inspirar crianças e adolescentes a praticarem esporte?
RR: Certamente  o desfile de grandes atletas e toda a divulgação criam o ambiente propício para alavancar e inspirar nossa juventude. No entanto, é necessário estar preparado para aproveitar ao máximo esta grande oportunidade.

FMV: Suas Expectativas para os Jogos Olímpicos Rio 2016.
RR: Será uma enorme confraternização entre os povos, que serão recebidos com os braços abertos do tamanho do Cristo Redentor. Independente dos recordes e medalhas que virão, no fim das contas, o que importa é a satisfação do dever cumprido e curtir este momento único do esporte mineiro e brasileiro.

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>