O Dinheiro e a Natação 2

Esqueci do Exército! Sim, além dos apoios já citados anteriormente, temos o Exército Brasileiro, que desde o Mundial Militar de 2011, tem em seus quadros vários atletas ligados à entidade – e recebendo o soldo, claro.

Mas não é só no Brasil que o dinheiro rola – também as brigas entre dirigentes e atletas. Na Itália, a Federação divulgou que pagou 750 mil euros para Federica Pellegrini de 2006 a 2012, 147 mil apenas pelos resultados do Mundial de Roma 2009. Os valores vieram à tona diante da crítica realizada pela nadadora pelo Twitter, dizendo que havia recebido apenas 3 mil euros pelos seus dois ouros e três recordes mundiais no campeonato em solo italiano. a discussão continuou com outros depoimentos das partes.

Enquanto isso na África do Sul… O campeão mundial Cameron van der Burgh acredita que os resultados do Mundial, quando saíram com 5 medalhas, sendo 3 ouros, possa ajudar a natação sul-africana a buscar um patrocinador privado e dar mais condições aos atletas.

media_d4a2503160334145be833eb0632dada0_t607

Fede: polêmica italiana

 

 

 

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>