Categorias
Clipping

O orgulho do avô

Publicado em 28/09/15, aqui

Carlos Alberto Chitão, treinador da natação olímpica do Brasil em 1988, vive em Belo Horizonte. Aposentado das bordas, ainda dá aulas de natação em classes particulares, mas nada parecido com aquele treinador que levou Rogério Romero a sua primeira final olímpica nos Jogos de Seul.

Na semana passada, Chitão teve um momento de orgulho, agora como avô. O seu neto, Carlos Felipe Severo Chitão, de 23 anos, foi notícia ao encontrar dinheiro em um caixa eletrônico do Banco Banrisul em Porto Alegre onde vive. Carlos, o neto, deixou um recado por escrito afim de encontrar o dono da quantia esquecida no terminal. Sem sucesso no contato, retornou ao banco, e graças ao controle da agência foi possível encontrar a senhora que havia esquecido a quantia.

A quantia não era grande coisa, apenas 30 reais, mas a lição que o jovem Carlos Felipe nos deu foi enorme. Imagina a alegria do avô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.