Globo tagged posts

Gustavo Borges na novela das oito: e a natação com isso?

Este blog não tem a intenção de virar uma Caras, mas o fato de Gustavo Borges gravar para a novela global das oito tem um impacto positivo para a natação. Senão vejamos.

A tal periguete já atacou outro atleta, no caso o jogador Pato, e está previsto investida em ninguém menos que Neymar (não me perguntem como sei disso). Além de atletas, outros famosos que foram/serão abordados: Gusttavo Lima e Luciano Huck.

Pois bem, certamente o ibope da novela deve ser melhor que qualquer noticiário esportivo, então para o esporte é interessante que o enredo coloque atletas como personagens famosos e nadadores entre eles. Uma ressalva é de que, apesar de todo sucesso empresarial de Borges, duvido que a conta dele chegue perto dos jogadores de futebol…

Ah, e tem mais, previsto ainda uma participação de Cesar Cielo.

nos-bastidores-de-amor-a-vida-tata-werneck-compara-sua-altura-com-a-do-nadador-gustavo-borges-injusticas-sociais-escreveu-ela-ao-postar-a-imagem-no-instagram-1372678443455_615x470

Gustavo, 2.03m, com Tatá Werneck, 1.52m: injustiça social.

 

Leia o texto completo

A preparação olímpica americana

A equipe americana sempre é uma das última a ser definida, pois sua seletiva é em cima dos limites da inscrição final. Aí, com pouquíssimo tempo para voltar a forma, eles vão para um campo de treinamento. Neste ano, a escolha foi Knoxville, no Tennesse, onde quase 2 mil fãs acompanhavam as braçadas da seleção olímpica.

Lochte, em uma foto com o uniforme bem… americana.

Neste meio tempo, eles receberam parte de seu material ( geralmente tem vários uniformes – treino, competição e pódium), escolheram seus capitães (Natalie Coughlin, Rebecca Soni, Jason Lezak, Brendan Hansen e Peter Vanderkaay – todos, claro, já tem experiência olímpica), mas também tiveram tempo para uma leve descontração na caso de um advogado local apoiador da natação.

Já imaginaram a seleção (não de futebol) recebendo 1800 fão num treino? (Twitter)

Neste instante, eles estão viajando para a última escala antes de Londres: França. No voo, a atleta mais nova de toda a equipe americana, Katie Ledecky, de apenas 15 anos (a mais velha é da euquipe de Hipismo, Karen O’Connor, 54).

Vejam alguns momentos de descontração:

Franklin dançando: parece com alguém que pode sair com 7 medalhas em Londres?

Entre eles, o experiente Lezak (camiseta cinza).

Phelps, cumprimentando o dono da casa.


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo