homenagem tagged posts

Homenagem aos nadadores

Publicado em 23/07/15, aqui

2B4B8570-685x456

O presidente do Minas, Luiz Gustavo Lage, recebeu os nadadores da Fiat/Minas Nicolas Oliveira, Kaio Márcio, Lucas Kanieski e Daiane Becker e o treinador Scott Volkers, que participaram dos Jogos Pan-americanos de Toronto, no Canadá, e Henrique Martins, que disputou a Universíade de Gwangju, na Coreia do Sul, para homenageá-los pelas grandes conquistas nas duas competições.

No encontro realizado nessa quinta-feira, no Minas I, o presidente minastenista agradeceu e parabenizou os nadadores pelas conquistas. “Estamos próximos de um momento histórico para nós, que são os Jogos Olímpicos Rio 2016, e temos tido grandes resultados nesse período. Essas conquistas são frutos de trabalhos seus, de anos e anos, junto com toda a comissão técnica. A natação representa muito para o nosso Clube, é o esporte que tem o maior número de sócios praticantes, e isso também se deve a essas conquistas de vocês, que tanto honram o nome do Minas e da Fiat, patrocinadora da equipe. Obrigado por tudo que vocês fizeram nessas competições e por acreditarem no Minas”, afirmou Luiz Gustavo Lage.

2B4B8454

O diretor de natação do Minas, Carlos Antonio da Rocha Azevedo, também enalteceu as conquistas dos atletas. “Faço minhas as palavras do presidente. É sempre uma alegria ver um nadador competir bem e quando é do Minas a alegria é maior ainda. Sabemos o esforço e a dedicação de cada um de vocês e dos treinadores. Nos últimos dias tivemos jornais e sócios enaltecendo as conquistas que vocês tiveram e isso só nos enche de orgulho. Estamos mostrando que somos capazes e construindo um caminho para os Jogos Olímpicos Rio 2016”.

Crisávila Carolina Dias, do Departamento de projetos especiais e brand da Fiat, falou sobre a parceria com a equipe minastenista e parabenizou os atletas. “Não tem como não patrocinar essa equipe, que é a melhor do Brasil. É a equipe líder na natação. Mesmo com o mercado ruim, a Fiat viu a importância de estar ao lado da equipe e incentivar, vocês trazem muito orgulho para a nossa empresa. Vocês podem contar com a gente, queremos ajudar e participar”.

O experiente nadador Kaio Márcio agradeceu ao Clube e elogiou a dedicação de todos da Fiat/Minas. “Comecei a nadar tem um tempo, já passei por alguns clubes, e é a primeira vez que eu vejo o presidente recebendo os atletas e parabenizando pelas conquistas. Isso é muito bacana, estou muito feliz por estar aqui e ter representado o Minas. Foi meu quarto Pan-americano, gostei de poder voltar a seleção. Como equipe estamos crescendo, tendo bons resultados e vejo todo mundo muito focado nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O nosso objetivo é classificar o máximo possível de atletas para a competição”.

Também participaram da homenagem o gerente de Esportes do Minas, Rogério Romero, e o chefe do departamento de natação do Minas, Teófilo Laborne. 2B4B8471

Leia o texto completo

Balanço Olímpico: alguns números

O site italiano Nuotopuntoit, fez uma análise interessante sobre o desempenho por continente e países. Filtrei aqui os dois que achei mais relevantes:

  • Apenas 6 países tiveram representantes nas 32 provas (EUA, Austrália, Canadá, Grã Bretanha, China e Hungria). Coincidência ou não, todos apareceram entre os 19 países que medalharam, incluindo nas duas primeiras colocações.
  • Maiores presenças nas finais: EUA (60), Austrália (28), Grã Bretanha (23), China (20) e Japão (19). Tirando os anfitriões, eles estão entre os 10 melhores.

Éva Risztov: a húngara tem 57 títulos nacionais e sagrou-se campeão nos 10km em Londres.

Mas porque estes são os mais relevantes? Porque demonstram que a qualidade da equipe como um todo é que traz um bom desempenho geral e – ainda melhor – deixa uma esperança para o próximo ciclo olímpico. Não seria nenhuma surpresa se no Rio de Janeiro a Hungria despontasse entre as 5 melhores equipes, por exemplo. Mas, para isso, teremos que aguardar mais 4 anos…

E uma última novidade: Kirsty Coventry foi eleita para a Comissão de Atletas do Comitê Olímpico Internacional, no mesmo ato que confirmou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, como membro honorário.


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo