Inglaterra tagged posts

Federação Britânica critica piscina rápida

Qual seria a reação de um arquiteto ao ter a informação de que a Federação de Natação não quer fazer mais seletivas na piscina que ele projetou por ela ser rápida demais, criando expectativas de resultados irreais?

5r8RV9JL_680

A piscina de Ponds Forge: funcional, rápida e pública, porém não gratuita.

Bem, esta estranha hipótese realmente aconteceu e o arquiteto não poderia estar mais orgulhoso, afinal, Ponds Forge – a piscina em questão – foi construído mais de 20 anos atrás!

De fato, será que a tecnologia não melhorou desde então? As piscinas de Londres e Barcelona (para ficar apenas em duas) são lentas? As características básicas estão em todas elas: profundidade, boas raias, blocos de saída idem e “prainhas” para diminuir a marola. Qual é então a diferença?

Ambiente. Psicológico. Aura. Chamem como quiser. No futebol isso é elevado a patamares explicados apenas pela paixão neste esporte.

A mística da piscina de Sheffield é acentuada pela tabela de recordes mundiais expostos ali. E os resultados continuaram surgindo ao longo do tempo, claro, contribuindo definitivamente para a chancela de piscina rápida, passada de geração em geração.

452748-ponds-forge

Sem legenda.

Além disso, o ambiente conhecido contribui para o relaxamento – necessário – dos nadadores na véspera do seu teste final após meses, às vezes anos, de treinamento.

Saber exatamente o que encontrar, ficar no mesmo hotel (quem sabe até na mesma cama), já estar familiarizado com a comida e até ter ciência do tempo de e para a piscina auxiliam os nadadores a se concentrarem naquilo que realmente conta: nadar veloz.

Leia o texto completo

Campanhas para a natação… nos EUA e Inglaterra

O motivo não é ganhar medalhas, mas sim evitar mortes.

Nesta última semana, a imprensa brasileira deu destaque a um programa americano para dar acesso ao ensino da natação, chamado Make a Splash, iniciativa da Confederação de Natação Americana, que tem como um dos seus padrinhos Cullen Jones, que quase morreu afogado. O programa é exatamente para evitar acidentes mortais com crianças, afinal os afogamentos são a segunda causa de morte de crianças entre 1 a 19 anos (nos EUA, assim mesmo, espantei com este dado).

cesar-cielo-e-o-americano-cullen-jones-se-cumprimentam-apos-a-primeira-semifinal-dos-50-m-livre-1343933011134_956x500

Jones e Cielo, logo após empatarem na semi. Jones saiu de quase afogado para a prata nos 50 livre em Londres.

Ciente disso, até a Associação Americana de Pediatria mudou sua opinião a 3 anos atrás e agora sugere que o quanto antes a criança aprender a nadar, melhor. E preferencialmente com professores habilitados.

Ainda mais impressionante é o Departamento de Educação inglês colocar a natação e segurança aquática no currículo escolar! Sabidamente foi aplaudido pela Associação de Natação local.

Sem dúvida, dois exemplos ousados.

Leia o texto completo

Seletiva inglesa inicia venda de ingressos

Enquanto o Brasil olímpico ainda pena para vender qualquer ingresso esportivo (inclusive grande parte dos jogos de futebol!) e nem de graça o público comparece, a Austrália e Inglaterra faturam com suas seletivas de natação.

A competição inglesa, que será em Sheffield no final de junho, tem um vídeo dizendo que o caminho para o Rio começa ali, ou seja, o apelo olímpico já começou:

Leia o texto completo

Um vídeo bem americano

Estão lá todos os clichês: eles vencendo por pouco, comemorando como nunca, lembranças, mas, ao mesmo tempo, humanizado e contemporâneo com as mídias sociais:


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leia o texto completo