Troféu Maria Lenk: equipe para Mundial aumenta

Os brasileiros são muito velozes nos 50m, não apenas no livre, mas em todos os estilos. Isso pode ser comprovado pela grande quantidade de nadadores entre os top 10 do ranking mundial. Daniel Orzechowski fez um rápido 24.68, logo de manhã, para garantir a vaga e também o segundo tempo do ano na prova. Já Guilherme Guido não teve a mesma sorte e por dois centésimos não conseguiu o índice de 24.81.

100 peito

João Gomes, entre felipe Lima e Henrique Barbosa, que tiraram sua vaga olímpica ano passado. (crédito: Satiro Sodré)

No feminino, já garantida para Barcelona, Etiene Medeiros estabeleceu nova marca do campeonato com 27.88, chegando a mais de 1s das demais.

Nos 100m peito, domínio do Pinheiros na prova com Beatriz Travalon (1:09.32) e João Gomes Jr (1:00.21), este dois centésimos na frente de Felipe Lima, do Minas. Ambos conquistaram a vaga para o Mundial.

Nos 200m borboleta, facilidade para Joanna Maranhão (2:10.27) enquanto Leonardo de Deus travou um combate com Kaio Márcio… até os 150m, quando o primeiro se distanciou e fez o índice com 1:56.85.

joanna

Joanna: bronze no Pan, brigando apenas com ela mesmo nos 200m borbo. (Crédito: Satiro Sodré)

Na última prova do dia, os 800m livre, domínio do Minas com Juan Pereyra 7:59.47 e Marcos Oliveira (8:02.85), dando mais pontos importantes para o clube mineiro que continua na dianteira com 1.314 pontos. Boa disputa pelo segundo, entre Pinheiros (993) e Corinthians (989).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Categorias