Ministério participa da 5ª Conferência Internacional de Ministros, na Alemanha

Publicado em 31/05/2013, aqui

mineps2

Os representantes do Ministério do Esporte, Ricardo Cappelli e Vilmar Coutinho, participaram da 5ª Conferência Internacional de Ministros e Secretários responsáveis por Educação Física e Esportes, promovida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O encontro realizou-se em Berlim, na Alemanha, de 28 a 30 de maio.Segundo Cappelli, um dos temas tratados durante o evento foi a necessidade de garantir a todos o acesso ao esporte, assim como a busca de critérios inclusivos para reduzir os altos custos dos megaeventos esportivos – questão que está inviabilizando a participação de países com menos condições – e assegurar o direito de todas as nações.

Também foi iniciado um processo de discussão sobre a manipulação de resultados nas competições esportivas, o que culminou na construção de uma Convenção Internacional, liderada por um organismo europeu, que deverá receber as propostas dos países até novembro deste ano.

Durante a conferência foi apresentado à plateia o Segundo Tempo, programa de inclusão social do Ministério do Esporte, que tem como objetivo democratizar o acesso à prática e à cultura do esporte – e que levou países como França e Tunísia a manifestar interesse em estabelecer parcerias por meio de acordo de cooperação com a pasta brasileira.

Ao discursar na abertura da conferência, a diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, enfatizou a importância de os países se unirem para debater o acesso ao esporte como direito de todos; programas de investimento na área, com promoção da educação física de qualidade e a sustentabilidade de megaeventos esportivos. A preservação da integridade no esporte, como a luta contra a manipulação de resultados, doping, corrupção no esporte e apostas ilegais, ainda foram ressaltados.

Para Irina Bokova, esses temas são questões políticas sérias que dizem respeito a todos, pois nenhum país pode efetivamente lidar com essas questões individualmente. “O esporte se tornou global, a nossa resposta também deve ser global”, afirmou a diretora.

Ao final da conferência, os participantes assinaram a Declaração de Berlim, documento que contém uma extensa lista de recomendações para combater a corrupção no esporte, compartilhar os benefícios socioeconômicos do desporto de forma mais equitativa e garantir o acesso ao esporte para todos.

A Declaração de Berlim também reforça o pedido aos Estados-membros da Unesco para redobrar os esforços a fim de implementar acordos e instrumentos, tais como a Convenção Internacional da Unesco contra a Dopagem no Desporto, além de convidar a organização para propor práticas de acompanhamento e monitoramento.

Estiveram presentes ao evento o presidente do Fórum de Gestores Estaduais de Esporte e secretário de Esporte de Minas Gerais, Rogério Romero (foto, à esquerda), especialistas, pesquisadores e organizações não-governamentais envolvidos com o esporte. O primeiro encontro (Mineps) aconteceu na sede da Unesco, em Paris, em 1976. As outras edições ocorreram em Moscou, em 1988, Punta Del Este em 1999 e Atenas em 2004.

Cleide Passos
Foto: Divulgação

Ascom – Ministério do Esporte

 

Tags:  

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.