Quem quer ver o melhor do mundo? De graça?

Quem quiser ver Cristiano Ronaldo ou Messi, mesmo num campeonato nacional polarizado entre as duas equipes que representam, vai ter que pagar no mínimo 224 reais até mais de 5 mil! Alguém pode justificar que um jogo entre os melhores do mundo vale a pena e pelo jeito apenas 200 sócios não pensam assim e preferem colocar seus ingressos à venda (fora os cambistas, claro).

camp_nou_51-1024x682

Camp Nou: onde está a vaga ?

As Olimpíadas de Londres tiveram uma procura de 1,8 milhão para a final dos 100m rasos (leia-se: Usain Bolt). Estádios lotam para ver os astros das ligas americanas. F1 (Nascar, Stock Car e outras corridas) e UFC também tem o seu glamour, atraindo uma legião de fãs fiéis.

Diria que a natação está em um estágio intermediário dentro do interesse do brasileiro comum, muito por conta dos resultados nas últimas olimpíadas, quando saímos com medalhas. Thiago Pereira e Cesar Cielo são conhecidos e reconhecidos, mas a seleção não depende apenas dos resultados deles. Temos atletas treinando nos Estados Unidos sim, como sempre, e fazendo sucesso lá, mas nadadores espalhados por clubes (poucos) em alguns estados auxiliam no disseminação do interesse.

Washington Metropolitan Swimming & Diving Championships

Será este o futuro de competições com a presença de Cielo?

E assim chegamos ao melhor tempo do mundo nos 50m livre feito no Campeonato Metropolitano, no Minas Tênis Clube, entrada gratuita. Quem diria? Não posso acreditar nem que o próprio Cielo imaginava algo assim logo nos seus primeiros dias em Belo Horizonte. Talvez uma boa esperança após o bom resultado nos 100m livre no dia anterior, mas brindar o público que compareceu ao Parque Aquático com 21.74 foi demais. Ninguém poderia prever um início mais promissor.

20140321233030813822i

Cielo: público ainda não condizente com seus resultados.

A FAM, para ficar apenas na Federação, tem condições de capitalizar um pouco também neste momento único da entidade. Quem sabe até conseguir alguns patrocinadores para alavancar a modalidade no estado? Afinal, apesar do resultados de nível internacional, a competição não oferecia nem medalhas para os melhores colocados…

Veja aqui o melhor tempo do mundo.

6 comments to Quem quer ver o melhor do mundo? De graça?

  • João Bosco  says:

    E isso mesmo Rogerio, boa colocação, a FAM pode capitalizar mais. Deve mudar a ordem das provas no metropolitano, Cielo nadou 50 borbo às 10:30 da noite, o Minas já estava fechado. Tem que colocar as provas dele no início, não precisa ser a primeira prova, mas na primeira meia hora, fazer propaganda, encher a arquibancada.

  • Nilton Gonzaga de Carvalho.  says:

    Caro João Bosco!
    Desculpe mas os critérios não poderiam ser mudados, pois teríamos um público realmente maior se as provas em que o Cielo nadasse fossem as primeiras.
    Mas e os outros atletas(muitos com grande potencial) das últimas provas nadariam para um público diminuto, pois após as provas do campeão olímpico muitos com certeza não esperariam o que tiraria a motivação, concorda?
    Sou árbitro da Federação Aquática Mineira de 1999 até agora e acho que o critério tem que ser igualitário.
    Um abraço

    • Rogério Romero  says:

      É isso mesmo, Nilton. Mas também não dá para pensar que uma competição tenha 3,5h e reclamar que não temos público.

      Existem sim outras maneiras de ativar a presença de um nadador do porte do Cielo, sem comprometer os demais atletas.

  • Rogério Romero  says:

    Ou ainda melhor, João, ter os horário previstos para as provas. Desta maneira, tanto os nadadores quanto a torcida (ou família) podem se organizar melhor para acompanhar as provas. Além disso, tornar o torneio mais dinâmico, rápido e com entretenimento. Por último, aproveitar a divulgar as próximas competições. Enfim, uma grande oportunidade para todos os envolvidos.

  • Nilton Gonzaga de Carvalho.  says:

    Rogério!
    Você sabe que tem meu apreço como o grande atleta em sua época e agora como cidadão antenado e interessado no presente e futuro da natação mineira.
    Sabemos que o valor dado ao nosso esporte não é o que o mesmo merece, mas fico feliz quando vejo pessoas como você apoiando e dando sugestões para a melhoria e evolução com total conhecimento de causa.
    Abraço.

    • Rogério Romero  says:

      Nilton, sou suspeito ao falar de esporte, pois entendo muito bem o quanto ele pode ser benéfico.
      Neste caso, acredito que devemos aproveitar mesmo a presença do Cielo.
      Abraço

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>