Seletiva alemã: dois recordes nacionais

Ano olímpico e sempre surgem novos nomes para tentar surpreender no tempo certo. Um alemão, inclusive, foi um dos surpreendidos em Olimpíadas, quando o favoritíssimo Michael Gross, recordista mundial dos 200m borboleta na ápoca, perdeu sua prova para o australiano Jon Sieben, em 1984. Depois, Gross, o Albatroz, voltaria para vencer os 100m borboleta e os 200m livre.

Nostalgia à parte, foi grande a evolução de Jan-Philip Glania nos últimos 2 anos, abaixando cerca de 5s até chegar ao recorde nacional nos 200m costas, com a segunda marca do ano.

Diebler, Lochte e Fesikov: prata nos 100m medley no Mundial de Dubai (25m). crédito: Zimbio

Mas os brasileiros, especialmente Thiago Pereira e Henrique Rodrigues, devem ficar de olho n’outro recorde alemão, este nos 200m medley feito por Markus Deibler em 1:57.82. O atleta agora tem a 3a marca do ano, atrás de Phelps e Thiago.

O recordista mundial Paul Biedermann vai estar nadando também os 400m livre em Londres. Outra recordista mundial, Britta Steffen vai ter que melhorar suas marcas se quiser vencer os 100m livre.

Vamos relembrar a inacreditável vitória de Jon Sieben, com recorde mundial dos 200m borboleta, em Los Angeles, 1984:


Este texto foi originalmente publicado no site do iG (colunistas.ig.com.br/rogerioromero

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.